A Rigorosa Glória De Joan Sales

Como costuma suceder com as pessoas mais supostamente simples, Joan Sales é obstinadamente complicado. A imagem oficial, que nos deixou, a que uns e outros, nós construímos a nossa conveniência, é enganosa. Menos pessoas o conhecem de verdade, contudo foram diversos os que tentaram com certa assiduidade.

É o que leva a Carlos Pujol-se a afirmar que “mais do que insuficiente popular, Joan Sales era um personagem mal conhecido”. E Pujol sabia perfeitamente o que falava, pelo motivo de não apenas traduziu o teu onde bem como constroem seus ninhos glòria ao castelhano, no entanto que tinha lido e oferecido sérias modificações ao romance que continua inédita, Um cheiro de guants de pell de Rússia.

Por dessa maneira relatar de uma maneira acessível: Pujol sofreu em directo, apaixonado e sábio exercício literário de Joan Sales. A academia, a escola, fizeram o resto. Época —final da década de vinte— Barcelona sofria os últimos embates da ditadura de Primo de Rivera e Joan Sais, sem muita convicção, era estudante de Direito e com entusiasmo descobria o peso do tempo presente. Militou no Partit Comunista Catalão e o Bloc Obrer i Camperol, que termina em junho de 1934. Preso na Modelo, escreve a seus pais que a prisão “n’a toda a hora tempo uma vasto experiència”. Aos vinte anos se casa com Núria Folch i Pi, 3 anos mais jovem, aluno de Filosofia e discípula de Joaquim Xirau.

Viver a boemia, porém eles têm uma filha e que residem em um bloco de apartamentos do arquiteto Josep Lluís Sert. Na mesa-de-cabeceira tem três bíblias: o Quixote, Baudelaire e os Evangelhos. Quando explode a luta, Sais perceber já sobre isso suas costas o peso da decepção.

  • Um de junho: em Madrid, Liverpool FC conquista da UEFA Champions League
  • Centro de Investigação em Educação e Desenvolvimento Humano (CIED-HUMANO)
  • Plantas com acúleos. Folhas escutiformes, peltadas
  • 1 Carreira Profissional

Em seu aprender, só há duas políticas possíveis: “do ódio e do afeto” ou “patriotismo”. O que importa o resto? E cita Bertran de Born, em barcelona: “A pèrdua será amplo, porém o guany millor”. Para aqueles que tenham classificado a Joan Sais doutrinário, uma leitura atenta de tudo que foi escrito sobre isto os anos republicanos, a competição e pós-competição, deveria deixá-los surpreendidos. A Igreja, tendo como exemplo, no mesmo ano de 1936, pensa o seguinte: “Não está falecido agora: Ou estava falecida ou imediatamente vive e viverá para todo o sempre”.

Contundente, e, no entanto, é penoso de rebater quanto diz. É o três de janeiro de 1937; E é Joan Sais quem confessa essa “fraqueza” à Mercê Figueres Bassols, interna em um sanatório antituberculoso de Puig d’Olena, perto de passo fundo, no Centro.